O impresso é uma das maiores oportunidades para a publicidade - Nizam Guanaes.

Janeiro, 2016.

Publicitário encerrou a primeira edição do Summit de Comunicação dizendo que 'mídia impressa fala com o mundo'.

Por Vinícius Novaes. Publicado em 02 de dezembro, 2015 - 17:12.

 

Com um discurso entusiasta, Nizan Guanaes encerrou a primeira edição do Summit de Comunicação defendendo o meio impresso. “A mídia impressa é uma das maiores oportunidades para a publicidade. Se você anuncia no meio impresso, você fala com o mundo”.

O sócio-fundador do Grupo ABC foi ainda mais além ao falar sobre discursos que dizem que o meio jornal vai acabar. “A mídia impressa vai desaparecer no mesmo dia em que o dinheiro impresso desaparecer”, afirma.

Argumentos não faltaram para Guanaes. “Eu escrevo na Folha de S. Paulo a cada 15 dias e onde eu vou neste país eu escuto pessoas”, diz.

Ele ainda arrancou risos do público quando brincou com a relação de anúncio com banner. “Com todo respeito ao banner, nada substitui um baita anúncio no impresso. Porque, quando se ganha algum prêmio, ninguém coloca num banner nem faz viral”, destaca.

Guanaes, no entanto, reconheceu o poder do meio digital. “Sabe o que o digital está fazendo melhor? Vendendo o digital. O Facebook é craque nisso, o Twitter é craque nisso e o Google é craque nisso”, afirma. Para o sócio-fundador do Grupo ABC, a indústria gráfica precisa se vender mais.

“A mídia impressa se desenvolveu mais na área editorial do que na área comercial. É preciso aumentar a circulação/ força”, aconselha.

Foto: Marçal Neto

Ainda de acordo com Guanaes, é preciso olhar para a mídia impressa com olhos novos. “Cabe a mídia impressa fazer mais encontros como esse, tem que ir mais a Cannes. Se você não se posiciona, o outro pega o seu lugar”, diz. “Você tem que estar continuamente vendendo e posicionando o seu produto”, completa.

O publicitário relembrou o fato de ter sido um dos pioneiros na criação de uma agência digital. “Não estou desmerecendo o digital, só estou dizendo que as coisas têm o seu devido tempo, as coisas não são substituíveis assim”, destaca.

 

Fonte: Propmark

Extraído de: http://propmark.com.br/midia/luiz-lara-fundador-da-lewlara-defende-midia-impressa

 


____________________________________________________________________

A PLURAL é a maior e mais moderna indústria gráfica de rotativas off-set da América Latina, além de estar, pelo 13º ano consecutivo, no 1º lugar do ranking de capacidade produtiva no Brasil, de acordo com a Análise Setorial da Indústria Brasileira de Gráficas com Rotativas Offset, estudo da consultoria AMSG para a ABRO - Associação Brasileira de Empresas com Rotativas Offset.



voltar
home