Importância do Selo FSC

Abril, 2010

O FSC é um dos selos florestais mais reconhecidos em todo o mundo. Está presente em diversos produtos de origem florestal, como caixa de leite e suco, revistas, jornais, móveis, objetos de decoração confeccionados com madeira, lápis, papel, entre outros.

A presença do Selo FSC é uma garantia de origem. Os itens procedentes de florestas manejadas de forma responsável são identificados com a certificação florestal FSC (Forest Stewardship Council), uma organização não-governamental independente e sem fins lucrativos.

A PLURAL foi uma das primeiras gráficas a receber a certificação FSC. Possui certificação de cadeia de custódia que garante o rastreamento da matéria-prima desde sua extração, passando por sua transformação em papel, até a comercialização do item acabado, que são os jornais, revistas, tablóides, catálogos e livros impressos na PLURAL.


Escolher produtos com Selo FSC contribui de várias formas com a preservação da natureza e com a sociedade. Alguns motivos para as pessoas e empresas fazerem esta escolha são:

- Você contribui para diminuir o desmatamento das florestas.

- Você valoriza produtos cuja matéria-prima foi extraída de maneira responsável.

- Você faz parte de um movimento de consumo consciente.

- Você ajuda a reduzir a emissão de CO2, gás causador do efeito estufa.

- Você contribui para assegurar os direitos dos trabalhadores e de populações tradicionais que vivem na floresta.

Origem comprovada

Criado em 1993 por fundações internacionais, o FSC tem como objetivo estabelecer princípios e critérios para conciliar a exploração da floresta e a conservação de seus recursos florestais.

A retirada da matéria-prima deve ser realizada objetivando a diminuição dos impactos ao meio ambiente, a atividade deve ser legalizada, os direitos trabalhistas e comunidades locais respeitadas e ser economicamente viável.

Além disso, é política da empresa certificada não utilizar madeira de 5 categorias:

a) madeira oriunda de exploração ilegal;

b) madeira cuja exploração implicou na violação de direitos civis e tradicionais;

c) madeira obtida de florestas cujos atributos de alto valor de conservação estão
ameaçados pelas atividades de manejo;

d) madeira oriunda de florestas cujas terras estão sendo convertidas em plantações ou destinadas a outros usos que não o florestal;

e) madeira de florestas onde são plantadas árvores geneticamente modificadas.

Os 10 princípios do FSC são:

1- Obediência às leis e aos tratados internacionais e princípios do FSC

2- Garantia sobre posse e uso da terra

3- Respeito aos direitos dos Povos Indígenas e tradicionais

4- Manutenção ou ampliação do bem-estar de comunidades e trabalhadores

5- Uso múltiplo dos produtos e serviços da floresta

6- Manutenção das funções ecológicas e integridade da floresta

7- Elaboração de Plano de Manejo apropriado à escala e intensidade das operações propostas

8- Monitoramento e Avaliação do manejo florestal e seus impactos

9- Manutenção de áreas de alto valor de conservação

10- Florestas plantadas devem complementar o manejo, reduzir a pressão e promover a conservação de florestas naturais

Só recebem a certificação as empresas que seguem rigorosamente as normas estabelecidas pela organização, assim como as leis locais. Quem avalia e monitora o cumprimento das condições para a utilização do Selo FSC são as certificadoras credenciadas e especializadas.

A PLURAL cumpre com exatidão todas as normas e leis, assim como pratica diversas atividades sócio ambientais, que podem ser conferidas no link Responsabilidade Sócio Ambiental.

De acordo com dados do FSC, referentes à janeiro deste ano, o Brasil possui mais de 4 milhões de hectares de florestas certificadas e cerca de 331 certificações de cadeia de custódia.


Fonte: Site FSC International


voltar
home